Para que serve o óleo de cártamo? Como tomar o óleo de cártamo?



Para que serve o óleo de cártamo? Como tomar o óleo de cártamo?


Essas são as maiores dúvidas que apareceram depois do estrondoso sucesso desse óleo, que muitos chamam de "milagroso". 



É bom lembrar que o óleo de cártamo não é um emagrecedor e, também, não é um suplemento alimentar. Como todo óleo comestível, ele é um alimento. Inclusive, é aprovado pela ANVISA. Portando, pode ser usado diariamente.



O óleo de cártamo é vendido de duas formas: cápsulas e líquido.


Normalmente, a indicação de consumo é: 2 cápsulas ao dia, 1 antes de cada refeição ou utilizado em saladas, em substituição ao azeite ou óleo comum.

O ideal é não usar para fritar ou cozinhar para que o óleo não perca as propriedades naturais. O aumento de temperatura sempre altera as características de qualquer óleo. Por isso, as frituras não são indicadas às pessoas que querem uma vida mais daudável.

Quais os benefícios do óleo de cártamo?


para que serve o oleo de cartamo - como tomar oleo de cartamo
É rico em ômega 6 e ômega 9, dois ácidos importantes para a prevenção de doenças cardiovasculares, pois entram na composição do colesterol bom, o HDL.

Contém grande quantidade de vitamina E. Essa vitamina é um potente anti-inflamatório que previne a formação de radicais livres, responsáveis pelo aparecimento de alguns cânceres, aterosclerose e envelhecimento celular.

Reduz a gordura corporal, pois o óleo do cártamo age inibindo as enzimas lipogênicas (LPL), que são responsáveis por estocar a gordura, estimulando a ação das enzimas lipolíticas, que queimam a gordura.

Aumento do metabolismo, redução do peso corporal, ganho de massa muscular, prevenção e tratamento de diabetes mellitus tipo 2, diminuição das concentrações de colesterol LDL e glicose no sangue, inibição de células cancerosas etc.



Como tomar o Óleo de Cártamo?


De acordo com especialistas, a quantidade recomendada para ingestão do óleo é de duas colheres de chá, em momentos diferentes do dia, por exemplo: café da manhã e jantar. 

No caso das cápsulas, deve-se seguir a recomendação sugerida no rótulo. Normalmente é de 2 cápsulas ao dia, antes das refeições. 

Uma observação: As pessoas que costumam jantar muito tarde e ir dormir logo depois, não devem tomar o óleo de cártamo à noite, pois ele é um termogênico, que aumenta a temperatura do corpo.




Agora, não adianta incluir apenas um elemento saudável, na dieta diária, sem a adoção de bons hábitos alimentares, acompanhados de exercícios físicos leves.